08/06/2011

Respondendo à uma mensagem de uma pessoa muito querida...

Oi, querida! Que bom falar com você!


Bom, não pude deixar de notar que você comentou minhas opções "não religiosas" e tenho umas observações a fazer: Em primeiro lugar, quero te dizer que respeito e entendo as opções religiosas que as pessoas fazem, só não concordo com elas. Vc fala sobre "perder a inocência da criança amada pelo pai", claro, tendo em conta a SUA ótica cristã. Quero que saibas que te entendo e até agradeço o que vc julga ser preocupação, em função de vc acreditar que exista um "deus". Agradeço mesmo. Mas veja, Cresci em um meio MUITO evangélico, fiz seminários, estudei Teologia, convivi com "teologias da libertação", "da cura", da "prosperidade" a vida toda. Vi tudo isso, e sim, vc não sabe, infelizmente, pela nossa distância, como eu sou um sujeito que estudo MUITO, tudo em que me envolvo... Estudei Escatologia, Anjeologia, e todas as outras "gias" que o curso de Teologia do SEMINÁRIO TEOLÓGICO das ASSEMBLEIAS DE DEUS e o SEMINÁRIO BATISTA EQUATORIAL tinham para me oferecer. Fui professor de escola dominical, fui músico da banda da igreja, solista do grupo de jovens... ou seja, não sou um "incauto". Se cheguei às minhas conclusões sobre a vida, foram baseadas em MINHA experiência de vida e em tudo o que vi, ouvi e estudei sobre tudo isso. O fato: Assim como as pessoas tem o direito de acreditar em deus, em papai noel e coelhinho da páscoa, alguns, como eu, tem o direito de não acreditar. Acredito sim, no mundo FÍSICO das coisas REAIS e PROVADAS, das coisas que a CIÊNCIA pode provar com experiências que podem ser REPETIDAS com igual sucesso. Creio no poder de transformação do SER HUMANO, que quando decide fazer o CERTO, pode ser a maior e melhor força da Natureza.


Não acredito em nenhum "deus" invisível, que precisa da IMAGINAÇÃO das pessoas para existir... A fé, querida já na essência, é o "Firme fundamento das coisas que não se VÊEM, mas que se esperam", segundo a bíblia. Isso, não é o bastante pra mim, entende? Sou um homem do Século XXI, sou um livre pensador, simplesmente humano e limitado, MAS QUE ACREDITA EM SEU POTENCIAL DE MUDAR O MUNDO, mesmo que apenas uma pequena parte de cada vez... Não quero ofendê-la de forma alguma, por favor entenda. Por isso não entrarei no mérito das coisas que a bíblia diz e que são IMPOSSÍVEIS, além de contraditórias... Mas é como eu digo... Acho que cada ser humano tem que encontrar o seu caminho, e ser feliz nele...


O que não entendo é o PORQUE do cristão ocidental, no geral, se achar MELHOR que todos os outros "crentes" do mundo... Quer dizer, então cristo é mais legal que buda? que khrisna? que aláh?? "Se com teu coração creres e com tua boca confessares que cristo é o teu senhor, serás salvo" Então TODO O RESTO DA HUMANIDADE VAI PRO "INFERNO"?? E não adianta dizer que "são religiões diferentes mas é o mesmo deus" PQ NÃO É! O judaísmo, por exemplo, ainda espera a 1º VINDA DE JESUS! pq pra eles, é inaceitável um SALVADOR que tenha nascido em um "estábulo".


MILHARES de questões, e nada discutido. O que me deixa mais triste nas religiões é justamente isso... o mecanismo de "blasfêmia" que foi instalado, que impede as pessoas de se questionarem sobre essas coisas todas, e tantas outras, pq "já que deus é onisciente, vai saber o q eu to pensando e me mandar pro inferno"!! como isso não é uma tradição do medo? "Eu sou o deus que imputa o pecado dos pais nos filhos, até a 3ª e 4ª geração daqueles que me aborrecem" que deus é esse??? cristo teria vindo para me livrar dos meus "pecados".. que pecados são esses?? que imputabilidade hereditária é essa??? Enfim... Como eu te disse, não quero entrar no mérito, mas acredite, minhas convicções não são modismo nem alienação. Não cheguei à elas porque algum pastor me disse pra acreditar sem questionar nada. Não tenho medo de pensar, de perguntar, de pesquisar... De onde vem as coisas, as respostas, as perguntas... A religião resolve isso de forma simples "As coisas descobertas são para nós e nossos filhos, e as encobertas, apenas para deus"... o máximo que alguém vai descobrir é que "deus veio de parã", onde quer que seja isso! E o que me deixa mais estressado com essa ideia de um deus cristão, é o desprezo que "ele" mostra pelo homem, na medida em que diz "Eu sou aquele que está assentado sobre o globo da Terra, cujos habitantes são para mim como gafanhotos, e sua sabedoria, como trapo de imundície..." como poderia EU aceitar ser tratado assim??


Há muitas outras questões, como por exemplo, as modificações feitas na biblia, nos séculos XVII e XVIII pelo padre Gregório e outros, por questões totalmente políticas, para não perder mais fiéis para a Reforma nem seus bens... Daí a politica do "trazei todos os dízimos à minha casa, assim teremos mantimentos, diz o senhor"... sem falar nas CRUZADAS e em todo o sangue derramado em nome de deus... Enfim, volto a dizer, poderia te falar de MILHARES de razões para pensar com penso, mas diferente dos "crentes", não fico tentando "converter" ninguém a pensar como eu... Apenas acho que o mesmo direito que tem um crente de postar seus videos, scraps e todo o tipo de "mensagem" promovendo seu "deus" e sua fé, também tenho de postar coisas que acho interessantes, sempre no intuito que alguém PENSE sobre essas coisas. não quero "fazer a cabeça" de ninguém, como os crentes em geral fazem, usando a desculpa do "ide e pregai a todos os povos"... Apenas me reservo o direito de pensar com uma cabeça diferente da maioria, e sempre sou apedrejado por isso. Mas não ligo, não... Acho apenas que as pessoas deveriam se questionar mais. Sua fé, suas convicções, suas vidas, SUA LÓGICA...


Quando por exemplo, alguém diz que deus curou suas filhas, tenho CERTEZA que seja o que quer que tenha acontecido, essa pessoa as levou AOS MÉDICOS... tenho certeza que foram atendidas e medicadas e esse é um dos meus pontos.. Não aceito alguem dizer que é uma obra de deus quando uma equipe de médicos, pessoas que estudaram por 6 anos, fizeram mais 2 anos de residência médica, se especializaram, junto com anestesistas e assistentes, todo mundo que batalhou e ralou MUITO pra estar ali e poder salvar nossas vidas, e simplesmente as pessoas dão o crédito a um deus... Acho MUITO injusto, juro... Dai vem alguém dizer: "mas e não foi deus quem deu a inteligencia para eles?" NÃO!! Foram os GENES e o ESFORÇO das horas acordado estudando e todo o trabalho que se tem em uma academia de estudos superiores. Não há milagre aí. Só talento e esforço. Outra coisa que me deixa muito desconfiado é isso.. Porquê os "milagres" nunca ocorrem na presença de um cético?? Um cara desconhecido levantar de uma cadeira de rodas numa igreja qualquer da vida é fácil... Até os golpistas do sinal de trânsito fazem isso... Quero ver é deus remendar um amputado, ali, na minha frente!!!! Quero ver um braço ou uma perna surgir do nada!! E não me diz que não dá, porque afinal, esse não é o deus do "impossível"?? Enfim...


Entenda: respeito o seu direito a acreditar no que vc quiser, assim como os nossos pais e resto do mundo todo... Apenas entenda que não posso concordar com vocês... O que de toda forma, não muda nada pra mim... Não sou cristão, mas tento ajudar todo mundo, da melhor forma que posso. Sigo sempre no caminho do bem, sendo produtivo e tentando ser consciente e fazer um futuro melhor. Tento ser sempre o melhor ser humano que consigo... Não sei se não acreditar em "deus" me faz MESMO uma pessoal ruim, do mal... Espero que não!!


Fique bem.


Guilherme Castelo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Cosmos - Carl Sagan (1-4)

Cosmos (5-13)